Bolo de chocolate e laranja sem leite | A Princesa Prometida

Eu nunca tinha visto esse filme até pouco tempo atrás, e me arrependo (embora não tenha a menor culpa) de nunca tê-lo visto antes. Porque é um clássico do capa-espada, gênero que não produz tantos filmes bons quanto eu gostaria mas que, quando os faz, faz bem. E A Princesa Prometida é um deles.

Um típico conto de fadas com tudo a que se tem direito: uma princesa bonita, o príncipe malvado, gigantes e lutas mortais com espadas. Quase dá para dizer que foi daqui que Frozen tirou suas maiores inspirações. Dirigido por Rob Reiner – responsável por outros ótimos filmes, como Harry & Sally – e com roteiro de William Goldman, autor do livro no qual se baseia, o longa começa com um avô contando uma história para o netinho doente, daquelas que vão passando de geração em geração.

Era uma vez uma linda e loira princesa chamada Buttercup (nome de uma flor, botão de ouro), que é sequestrada e mantida prisioneira por seu noivo, o odioso príncipe Humperdinck, para que seja o estopim para uma guerra. Cabe ao valente Westley – amor de infância da princesa e que, depois de suas muitas aventuras, retorna como o Terrível Pirata Roberts – salvá-la.

Em seu caminho de resgate, Westley encontra Inigo Montoya, um homem que busca o assassino de seis dedos de seu pai, Fezzik, o gigante, e Max, o homem dos milagres – interpretado pelo sempre ótimo Billy Cristal. Os quatro se juntam para poder satisfazer ao desejo pessoal de cada um. E é Inigo Montoya, um perito espadachim, que trava uma das lutas mais legais do filme.

Interrompido várias vezes pelo netinho em momentos-chave (por um motivo que não vou contar), A Princesa Prometida é divertido, engraçado, meigo e até um pouco clichê – mas quem liga, é um conto de fadas, oras! O final feliz é uma obrigação! E é uma obrigação, também, explicar o porquê dessa combinação que a princípio parece tão aleatória.

Pois não é. Quem me mostrou esse filme foi meu marido, há um ou dois anos, não me lembro bem. Ele não só é fã, como achou que por ser de fantasia – e, obviamente, um filme que tinha povoado sua imaginação quando era criança (já que foi lançado em 1987), me encantaria. E eu amei! É realmente divertido, engraçado e bonitinho nos momentos exatos em que precisa ser. Sem contar que tem algumas frases tão icônicas quanto seus personagens: “as you wish”, “unconceivable!” e “hello, my name is Inigo Montoya. You killed my father. Prepare to die.”

Para combinar com a comidinha, portanto, pensei em fazer o bolo perfeito para ele. Como ele é intolerante à lactose, decidi que ia fazer o melhor bolo de chocolate e laranja sem leite que ele já havia provado. E eu acho que acertei na mão. Segundo ele (e todo mundo que provou), melhor bolo que já fiz. A massa ficou fofinha, o recheio cremoso, a cobertura amarguinha e a combinação de chocolate com laranja ficou perfeita! Demorou para encontrar uma receita que me satisfizesse, mas achei essa em um blog (como acontece 99% das vezes comigo), Notes from My Food Diary.

Mudei bastante a receita original. Dizia que precisava de laranja seca e, como eu não tinha, fiz só com as raspas da casca, mesmo, e acabei usando mais que o dobro da receita original. E olha, vou dizer que não fez a menor diferença no sabor. Aliás, acho que a combinação ficou até mais suave. Além disso, na receita também ia cenoura e coco, que eu cortei porque achei que ele poderia não gostar. Não quis arriscar hehehe. Outra pequena mudança que achei fundamental foi que no original se usa suco de laranja congelado, e é óbvio que usei suco natural, aproveitando que ia raspar as cascas.

Agora, um conselho sincero: se quiserem fazer como está aqui (dois bolos), então usem duas formas ou a mesma duas vezes. Não fiquem com preguiça e não façam a receita de uma só vez na mesma assadeira, pensando que depois é só cortar a massa em duas, porque não vai dar certo – digo por experiência própria.

BOLO DE CHOCOLATE E LARANJA SEM LEITE

Tempo de preparo: 30 minutos
Tempo de cocção: 15-20 minutos
Tempo da calda: 10 minutos
Tempo de esfriamento: 1h
Tempo total: 2h15

Ingredientes

Bolo:
1 ½ (275 ml) xícaras de óleo vegetal
4 ovos grandes
2 ¼ xícaras de açúcar
2/3 xícara de cacau em pó (sem açúcar, usei esse)
2 colheres (chá) de fermento
1 colher (chá) de sal
raspas de 2 laranjas

Cobertura:
70g de chocolate meio amargo (usei meia barra desse Lindt e mais uns pedaços desse)
1 xícara de manteiga
1/3 xícara de açúcar
suco de 2 laranjas

Modo de preparo

Pré-aqueça o forno a 180º e separe a assadeira que quer usar – usei uma redonda média. Peneire os ingredientes secos em uma tigela e reserve. Na batedeira, em velocidade baixa, bata o óleo e os ovos até misturar bem. Aos poucos, vá jogando os ingredientes secos enquanto bate, para ir incorporando. Por último, jogue as raspas das cascas das duas laranjas. Aumente a velocidade da batedeira e bata por mais 1 minuto.

Separe metade da massa na assadeira untada somente com manteiga e leve ao forno por 15-20 minutos (depende muito do forno, o meu foi rapidíssimo). Tire do forno e deixe esfriando por meia hora. Depois, retire a massa da assadeira (no meu caso, tive de lavar para reutilizar pois só tenho uma desse tamanho) e reserve. Repita o mesmo procedimento com o restante da massa.

Enquanto o último pedaço de bolo esfria, faça a cobertura e recheio: pique o chocolate e, em um pote, leve-o a banho-maria (lembrando que a travessa do chocolate não pode encostar na água!) e, quando estiver quase todo derretido, retire do fogo e mexa até derreter o restante. Em uma tigelinha, bata a manteiga e o açúcar com um fouet até ficar claro e fofo. Misture o chocolate e o suco de laranja até ficar homogêneo.

Passe um pouco do creme de chocolate em uma das caras da massa, e cubra com a outra. O restante espalhe bem com a ajuda de uma espátula. Decorei com umas raspas de laranja (meio toscas hahaha), mas você pode decorar como quiser. Também é possível levar o bolo à geladeira para ficar fresquinho, mas nesse frio não recomendo.

Dureza vai ser comer um pedaço só por dia.

Beijos, e até o próximo post!
🙂

Receita adaptada do Notes from My Food Diary

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s