X-Salada com milkshake de Nutella | Pulp Fiction

Antes de começar a ler esse post, pegue os fones de ouvido e, em um site de streaming de música (Grooveshark, Rdio ou outro de sua preferência), procure por: Pulp Fiction Soundtrack. Dê o play e vamos nessa.

Só dá para começar a falar do filme mais famoso de Quentin Tarantino com essa trilha sonora fantástica ecoando nos ouvidos. Daria para fazer uma dissertação inteira sobre ela.

Jungle boogie! Jungle boogie!

É absolutamente inegável que Pulp Fiction é o filme mais famoso do diretor, aquele que trouxe Tarantino para o mainstream, já que Cães de Aluguel – outro clássico-cult imperdível – foi bem recebido no festival de Sundance, mas só foi realmente reconhecido por crítica e público depois do sucesso estrondoso do irmão mais novo.

‘Cause yoooou make me feel so brand neeeeeew

Foi apenas com as críticas favoráveis ao longa que o cineasta começou a receber os méritos que merecia. A história de Jules Winnfield (Samuel L. Jackson) está ligada a dois assaltantes de um restaurante, enquanto a de seu parceiro, Vincent Vega (John Travolta), se entrelaça com a de Mia Wallace (Uma Thurman, uma das “meninas-dos-olhos” de Tarantino), esposa do chefão, Marcellus Wallace, que por sua vez está ligada à de Butch Coolidge (Bruce Willis), um boxeador falido. Tudo regado à sangue, violência e vingança. Essa complexa trama ganhou a alcunha (dada por mim) de comédia-suspense policial.

A história absurda desses personagens se cruza em uma narrativa entrecortada por capítulos que não seguem uma linha cronológica convencional. Ou seja: o que aparece no fim é o meio, e o que aparece no começo é o fim. Parece confuso, e à primeira vista é mesmo.

The only one who could ever teach me, was a son of preacher man!

Mas, apesar de aparentemente torto, o roteiro é brilhantemente costurado, pontuado com diálogos igualmente maravilhosos, já consagrados na cultura pop.

Going down to Lonesome Town have my troubles away! I can learn to forget…!

Além disso, os personagens são bem desenvolvidos a ponto de nos familarizarmos com cada um – e são muitos! – e ficarmos realmente interessados por suas trajetórias, chocados com os acontecimentos e felizes com suas conquistas. Conhecemos Jules Winnfield, Vincent Vega, Mia Wallace e Butch Coolidge, cada um interpretado por atores que trazem ainda mais personalidade aos papéis.

Girl, you’ll be a woman, soon!!! Please, come take my hand!

Não vou negar: sou totalmente viciada pelo filme e tudo que envolve seu universo. Como não repetir o famoso diálogo de Jules que precedem a já famosa cena de “Ezequiel 25:17”?

– What does Marcellus Wallace look like? (Jules começa)
– What?
– What country are you from?
– What? What?
What ain’t no country I’ve ever heard of! They speak English in What?
– What?
– English motherfucker, do you speak it?
– Yes! Yes!
– Then you know what I’m saying!
– Yes!
– Describe what Marcellus Wallace looks like!
– What?
– Say ‘what’ again. Say ‘what’ again, I dare you. I double dare you motherfucker, say ‘what’ one more Goddamn time!

‘C’est la vie’ say the old folks, it goes to show you never can tell!”

Bom, para combinar com esse clássico absoluto do cinema americano, a receita é igualmente um clássico, daqueles que pouca gente pode recusar (alguém conseguiria?): x-salada com milkshake de Nutella. Claro que foi também pensado para homenagear o filme já que, na mesma cena do diálogo acima, os bandidos estão comendo Big Kahuna (hambúrguer de marca fictícia que os personagens dizem ser muito bom), e no famigerado jantar de Vincent Vega e Mia Wallace, ela pede um delicioso milkshake de cinco dólares – e o mais legal é que o meu também ficou nessa faixa.

You never can tell!

X-SALADA

para 01 pessoa
Tempo de preparo da carne: 20 minutos
Tempo de montagem: 5 minutos

Tempo total: 25 minutos

Ingredientes

500g de carne moída (usei patinho)
1 ovo
1 pão de hambúrguer com gergelim
3 folhas de alface já lavadas (usei 2 do tipo mimosa e 1 da roxa)
½ cebola roxa
2 fatias de queijo gruyère
½ tomate
Óleo para fritar
Mostarda e ketchup
Sal

Modo de preparo

Separe a alface e o tomate, lave-os e corte o tomate em rodelas. Corte a cebola em rodelas, também, e separe. Se o queijo não estiver fatiado, já separe as duas fatias. E não esqueça de cortar o pão.

Para fazer os bifes de carne moída, coloque em uma bacia a carne e o ovo, e misture até ficar homogêneo, e tempere com sal. Coloque o óleo para esquentar em uma frigideira e, fazendo pequenas bolas de carne com a mão, frite os bifes – não pode ficar nem muito grande, para não ficar cru por dentro, e nem muito pequeno, para não desmanchar na hora de fritar.

Quando o último bife estiver quase pronto, coloque as duas fatias de queijo por cima e deixe derreter um pouco. Em seguida, monte o hambúrguer: bife com queijo, tomate, cebola, alface e, no pão de cima, mostarda e ketchup. Mas é só o meu jeitinho, você pode montar como quiser. O ideal é que a carne fique por baixo para não escorregar do pão na hora de morder (nham).

Deixa o burgão aí, porque agora tá na hora de fazer o milkshake.

MILKSHAKE DE NUTELLA
para 01 pessoa
Tempo de preparo: 5 minutos

Ingredientes

4 bolas de sorvete de chocolate (depende do tamanho do copo)
1 colher (sopa) cheia de Nutella
1 xícara de leite
Calda de chocolate

Modo de preparo

Bata no liquidificador o sorvete com o leite até ficar homogêneo. Acrescente a Nutella e bata um pouco mais, só até incorporar. Enfeite o copo com calda de chocolate e despeje o milkshake lá.

PRONTO! Vai dizer, é muito fácil! Irresistível seria a palavra ideal. O mais complicadinho é fritar os bifes, mas sempre existe a possibilidade de comprar já pronto – que eu não recomendo, mas vai do gosto de cada um.

E aí, gostou? Faz e me conta!

Beijos, e até o próximo post!
🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s