O primeiro de muitos…

Então esse é o primeiro de muitos posts do Mesa em Cena. Oba! Antes de falar qualquer coisa – e para evitar que o leitor tenha que clicar na abinha “Sobre” logo no primeiro acesso – vou contar um pouquinho do projeto.

O blog nasceu da pura e simples vontade de aprimorar meus dotes culinários. Ok, legal. Mas um blog de cozinha seria só mais um nesse oceano infinito de blogs que é a Internet. Poderia até tentar um blog sobre o fato de eu não saber cozinhar. Mas não.

Porque além de gostar de cozinhar, eu gosto especialmente de fazer petisquinhos e coisas delícias para assistir filmes. Simplesmente não consigo assistir a nada que dure mais de uma hora e meia sem ter algo para beliscar. E não importa que a comidinha não dure até a primeira meia hora. Para mim ter um quitute é fundamental. Comecei a reparar, então, que muitas das coisas que eu cozinhava antes de ver um filme tinham alguma coisa a ver com o meu estado de espírito.

Para um filme romântico? Chocolate. Para uma comédia? Pizza. Para um drama? Mais chocolate. Enfim, dessa ideia inicial veio a iluminação de, propositalmente, combinar aquilo que eu vejo com aquilo que eu como. Nada mais lógico.  Certo? E quando eu digo combinar, é combinar mesmo. Vou tentar fazer isso com afinco – embora já tenha percebido pelos primeiros testes que vai ser difícil – e pretendo colocar as críticas dos filmes junto com as receitas. Afinal, a experiência tem que ser completa 🙂

Tenho mil fontes de receitas, e elas vêm dos mais variados lugares. Tudo que eu faço é tentar colocá-las em prática. Nem todas dão certo, é claro. Preferi fazer os primeiros posts com meus filmes favoritos porque, sobre alguns, sempre tive uma vaga ideia e, para os outros, acho mais fácil de combinar – já que a maioria desses filmes vi e revi diversas vezes.

Como disse, não sou uma cozinheira exímia e nem pretendo ser uma. Tudo que sei é que, apesar de nem sempre ficarem lindos, os pratos que eu cozinho ficam gostosos. E acho que isso já é grande parte do sucesso de uma comida. Quanto aos filmes, meu know-how até é um pouco maior (fiz um curso de Crítica de Cinema em 2007, e escrevo sobre desde então), mas jamais me consideraria uma expert no assunto. Aqui, o que vale, são as sensações. Então, é provável que os filmes que eu escolha sejam meio polêmicos, meio desconhecidos, ou que eu tenha uma opinião favorável a algum filme que a maioria considera tosco. Prevejo que isso pode acontecer com frequência.

Mesmo assim, insisto, se você, caríssimo leitor, tiver alguma ideia ou sugestão, crítica ou elogio – e, melhor ainda, se fez alguma receita que deu certo – não hesite em entrar em contato! Ficarei mais do que feliz em dividir isso com vocês.

Beijos, e até o próximo post!
🙂

Anúncios

Um comentário sobre “O primeiro de muitos…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s